Despesas até no saimento?!

Depois de ver uma pos tagem, no facebook, sobre cimitério de animais, passei a considerar efêmeras questões relativas à morte. A minha mãe é uma dessas pessoas que quer cuidar das despesas funerárias antes de morrer. Sexta encontrei uma amiga muito tocada por mortes, muitas mortes, na família dela; algumas trágicas. Isso me faz pensar que desejo que o animal que sou não cause uma despesa dessas para os outros quando eu estiver no processo de virar pó. Fiquei muito indignado com um bancário que tentou me vender um seguro de vida, ano passado. Ele falou que os meus familiares ficariam livres de quase todos os incômodos com esquife e outros aspectos do meu saimento. Agora, curiosamente, me senti vencido pelas estratégias do tétrico vendedor. Sentimento animal! Maldito capitalismo tardio! É caro viver, é caro morrer! Me é cara a morte, mas esses rituais posteriores são um saco! Odeio velórios. E agora, pensando, gosto menos ainda deles. Eles custam muito caro! Vou saindo sem ir direto ao meu saimento; espero que este aconteça ainda em futuro distante. Foda vai ser quando a princeza (cadela do meu filho) necessitar de um mortório; ela já tem dez anos. A quem sobreviveu à leitura desse comentário, até aqui, desejo vida longa, a vocês e aos seus, humanos e não humanos.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: